Peneira rotativa

A Sutco desenvolveu a peneira rotativa como maior componente de suas avançadas estações de tratamento.

Foi concebida para a produção de diferentes frações de partículas, para a dissolução de aglomerados e para a homogeneização de material. As peneiras rotativas são utilizados para a peneiramento de um grande espectro de material como: escória, material misto de construção, cartão, plástico, madeira, etc. É possível a criação de 2 a 4 cortes de peneira e fluxos até 160 t/h.

APLICAÇÃO

  • Criação de várias frações de Partículas
  • Dissolução de aglomerados
  • Homogeneização

DESCRIÇÃO DO SISTEMA

A estrutura do tambor da peneira é instalada de forma inclinada e acima de cada tela da peneira, ao longo da circunferência, são instaladas seis lâminas de inversão. Dependendo da dimensão, a estrutura do tambor pode conter 4 a 10 telas de peneira. A estrutura do tambor é suportada por dois anéis intercalados roscados. De acordo com a necessidade podem ser criadas mais frações de peneiramento em uma única peneira. Com a incorporação de alguns dispositivos (travão, acelerador) é possível modificar o resultado do peneiramento.

A perfuração da malha da peneira pode ser selecionada para ser realizada com perfuração redonda ou retangular, com proteção envolvente no caso da perfuração redonda. Juntamente com os seus anéis intercalares a estrutura do tambor é suportada por quatro roletes com revestimento de vulkollan.

O movimento de rotação da estrutura do tambor é gerado por um ou dois roletes, que por sua vez são acionados por moto-redutores. Os roletes são aparafusados a estrutura da base. Um rolete axial de pressão, que pressiona contra um anel intercalar, evita que a estrutura do tambor sofra um movimento axial causados pelo movimento de rotação e inclinação do tambor. A armação de base está apoiada sob pilares,  unidos aos alicerces.